Just another WordPress.com weblog

Estreia nesse domingo (09), às 17h, no Centro Cultural Palácio da Justiça mais um espetáculo da Série Vesperais Líricas. Dessa vez, será a ópera “O Barbeiro de Sevilha”, do italiano Gioacchino Rossini (1792 – 1868), que entra em cartaz durante o mês de outubro. A programação é promovida pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Cultura, com entrada franca.

No total, serão três apresentações de “O Barbeiro de Sevilha” em outubro. A segunda será realizada no dia 15, às 19h, no Centro Estadual de Convivência do Idoso, e a última no Centro de Convivência da Família Padre Pedro Vignola, dia 22, às 19h. Para contar a história de Rossini estão no elenco: Marinete Negrão; Cristhiano Silva; Ramakris Elessondres; Roberto Paulo; Davy Chaves; Dhijana Nobre; e Joubert Junior da Costa Coelho.

“O barbeiro de Sevilha” é uma ópera-bufa em dois atos do compositor italiano Gioachino Rossini, com um libreto de Cesare Sterbini, baseado na comédia Le Barbier de Séville, do dramaturgo francês Pierre Beaumarchais. A ópera de Rossini segue a primeira das peças da trilogia de “Figaro” do dramaturgo francês Pierre Augustin Caron de Beaumarchais, enquanto Mozart, em sua ópera “As bodas de Fígaro”, composta 30 anos mais cedo, em 1786, baseou-se na segunda parte da trilogia. Rossini era célebre por seu ritmo rápido de composição, e toda a música do “O barbeiro de Sevilha” foi completada em menos de três semanas.

Esta ópera apresenta a história do jovem Conde Almaviva, que com a cumplicidade de Fígaro – o Barbeiro – tenta aproximar-se de Rosina. No entanto, o tutor da donzela, Dr. Bartolo, irá fazer de tudo para evitar essa aproximação, pois planeia casar-se com a jovem. Para poder ludibriar o tutor de Rosina, o Conde utilizará inúmeros disfarces e passará por muitas peripécias!

O projeto “Vesperais Líricas” tem como objetivo popularizar a música clássica, levando, gratuitamente, aos bairros trechos das óperas mais famosas, ao som de piano e solistas do Coral do Amazonas e alunos da Classe de Canto Ivete Ibiapina. “Além da utilização de elementos do figurino e alguns acessórios, os próprios coralistas farão a introdução do espetáculo falando sobre os compositores e explicando os trechos da ópera para que o público possa se situar e entender aquilo que vão ouvir”, afirmou o diretor dos Corpos Artísticos, Marcelo de Jesus.

 

 Serviço

O que: Estreia de “O Barbeiro de Sevilha”

Onde: Centro Cultural Palácio da Justiça

Quando: domingo (09/10)

Quanto: grátis

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: